Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Related Materials
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 Ford and Instituto Mauá de Tecnologia Sign Technical Cooperation Agreement

DATE: Will be calculated from "Release Start Date" field.

Mova o cursor para baixo para ler este release em português

SÃO BERNARDO, Brazil – First automotive plant to operate in Brazil, since 1919, and one of the largest worldwide, Ford is considered a global reference in engineering, with product development centers in Brazil alongside with other countries in the world. Aligned with this innovative positioning, Ford and Instituto Mauá de Tecnologia (Mauá Technology Institute) signed a technical cooperation agreement for the areas of development and engineering education.

Matt O'Leary, at that time Director of Product Development at Ford, and Paul Bógus, general superintendent of Instituto Mauá de Tecnologia, formalized the partnership, highlighting the benefits of this synergy between the two institutions for improvement of learning & scientific research. Instituto Mauá de Tecnologia, a public utility entity dedicated to education and scientific & technological research, operates since 1961 in the training of highly qualified human resources within different areas of engineering.

Instituto Mauá also relies on an area of Technological Services which over 40 years has been developing technical-scientific research projects for industrial customers, Ford included, through their laboratories and multidisciplinary working groups.

Ford has also partnered with Instituto Maua in postgraduate programs within the company for Product Development employees. "The agreement now signed between Ford and Instituto Mauá provides greater coverage, unlike the earlier ones, with specific focus and length. It will improve our cooperation a larger extent, creating new partnership opportunities for research and technology development", says Matt O'Oleary.

According to him, this is another example of Ford philosophy on working together with major national universities, aiming for both project development and enhancement of human resources.

 

 


Mova o cursor para cima para ler este release em inglês

Ford e Instituto Mauá De Tecnologia Assinam Acordo De Cooperação Técnica

SÃO BERNARDO, Brasil – Primeira indústria automobilística a operar no Brasil, desde 1919, e uma das maiores do mundo, a Ford é considerada uma referência global em engenharia, com centros de desenvolvimento também no Brasil. Alinhada com esse posicionamento de inovação, a Ford e o Instituto Mauá de Tecnologia firmaram um acordo de cooperação técnica nas áreas de desenvolvimento e ensino de engenharia.

Matt O'Leary, à época diretor de Desenvolvimento do Produto da Ford, e Paulo Bógus, superintendente geral do Instituto Mauá de Tecnologia, oficializaram a parceria, destacando os benefícios dessa sinergia entre as duas instituições para o aprimoramento do ensino e da pesquisa científica. O Instituto Mauá de Tecnologia, entidade de utilidade pública dedicada ao ensino e à pesquisa científica e tecnológica, atua desde 1961 na formação de recursos humanos altamente qualificados nas diversas áreas da engenharia.

O Instituto Mauá conta também com uma área de Serviços Tecnológicos que há mais de 40 anos desenvolve trabalhos de pesquisa técnico-científica para clientes da indústria, entre os quais se inclui a Ford, por meio de seus laboratórios e grupos de trabalho multidisciplinares.

A Ford também já fez parcerias com o Instituto Mauá em programas de pós-graduação realizados dentro da empresa para empregados da área de Desenvolvimento do Produto. "O acordo firmado agora entre a Ford e o Instituto Mauá, diferentemente dos anteriores, que tinham um foco e duração específica, traz uma abrangência maior. Ele permitirá desenvolver a nossa cooperação de uma forma mais ampla, criando novas oportunidades de parceria para o desenvolvimento da pesquisa e tecnologia", destaca Matt O´Oleary.

Segundo ele, este é mais um exemplo da filosofia da Ford de trabalho em conjunto com grandes universidades do País, tanto para fins de desenvolvimento de projetos, quanto de aprimoramento de Recursos Humanos.

 

  

By  

 
Yes
Yes
Yes
12/18/2013 12:00 PM