Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Related Materials
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 Ford Celebrates Production of 1-Millionth Sigma Engine at Taubaté

DATE: Will be calculated from "Release Start Date" field.

Mova o cursor para baixo para ler este release em português

TAUBATÉ, Brazil – Ford celebrated production of the 1-millionth Sigma engine at its Taubaté Engine Plant in Brazil. The Sigma is considered one of the most modern engines in the 1.5-liter and 1.6-liter classes. Sigma engines equip Fiesta, EcoSport and Focus in South America, the Mexico-produced Fiesta, and the Focus model built in Germany and Russia.

With several enhancements that increase efficiency and fuel economy, the Sigma engines are among those responsible for the success of the new generation of global cars from Ford. Of the 20 vehicles valued at INMETRO / CONPET equipped with the line, 14 have standard A and 6  have standard B of energy efficiency.

Sigma Engine Plant was inaugurated in 2009 with a $600 million reals investment. The 1-million engine mark was achieved in less than five years of production at the Taubaté plant. Sigma engines are produced in five plants around the globe: Bridgend, Wales; Chennai, India; Changan and Chongqing, China; and Taubaté. 

“The plant and the Sigma line are constantly evolving,” said Sérgio Naresi, plant manager of the Taubaté complex. “Ford Taubaté has a longstanding tradition of producing world-class engines that meet the strictest global manufacturing and quality standards.”

Three versions of the 16-valve flex-fuel Sigma engine are produced in Taubaté for the Brazilian market: 1.5-liter DOHC, 1.6-liter and 1.6-liter Ti-VCT.

The Taubaté complex began operations in 1974, initially producing the OHC 2.0-liter e 2.3-liter engines that equipped Mustang and Thunderbird sold in the United States. Since then, it has produced more than 6 million OHC, HCS, RoCam, and Sigma engines. Since 1996, it has made 5.4 million iB5 transmissions. 
Their machining centers have the capacity to perform multiple operations simultaneously and sequentially, with a gain of accuracy and time. On the assembly line, all pieces are pre-separated and follow along with the engine block in boxes, streamlining the process.


 

 

Mova o cursor para cima para ler este release em inglês

Ford Comemora a Produção de 1 Milhão de Motores Sigma em Taubaté

TAUBATÉ, Brasil - A Ford comemorou a produção de 1 milhão de motores Sigma na fábrica de Taubaté, no interior paulista. O Sigma é considerado um dos motores mais modernos nas classes de 1,5 litros e 1,6 litros. Equipa os modelos New Fiesta, EcoSport e Focus na América do Sul, e também é exportado para o New Fiesta produzido no México e para o Focus montado na Alemanha e na Rússia. 
 
Com vários aprimoramentos que aumentam a eficiência e a economia de combustível, os motores Sigma estão entre os responsáveis pelo sucesso da nova geração de carros globais da Ford. Dos 20 veículos avaliados pelo INMETRO/CONPET equipados com a linha, 14 contam com padrão A e 6 com padrão B de eficiência energética.

A fábrica de motores Sigma em Taubaté foi inaugurada em dezembro de 2009, com um investimento de R$600 milhões, e atingiu a produção de 500 mil unidades em cerca de três anos de operação. Já o volume de 1 milhão de unidades foi alcançado na metade desse tempo, contribuindo para o sucesso da nova geração de carros globais da marca. A família de motores Ford Sigma é produzida hoje em cinco fábricas em quatro países, com plataforma global: Bridgend, no País de Gales; Chennai, na Índia; Changan e Chongqing, na China; além de Taubaté, no Brasil. 

“A fábrica e a linha Sigma estão em constante evolução", disse Sérgio Naresi, gerente da fábrica do complexo de Taubaté. "A Ford Taubaté tem uma longa tradição de produção de motores de classe mundial que atendam às mais rigorosas normas de fabricação e qualidade globais".

Três versões do motor Sigma flex de 16 válvulas são produzidos em Taubaté para o mercado brasileiro: 1.5 litros DOHC, 1.6 litros e 1.6 litros Ti- VCT. 

O complexo de Taubaté iniciou suas operações em 1974, produzindo inicialmente os OHC 2.0 litros e os motores de 2.3 litros que equipam o Mustang e o Thunderbird, vendidos nos Estados Unidos . Desde então, já produziu mais de 6 milhões OHC , HCS , RoCam e motores Sigma. Desde 1996, ele fez 5,4 milhões de transmissões IB5.

Seus centros de usinagem têm capacidade para realizar várias operações de modo sequencial e simultâneo, com ganho de precisão e tempo. Na linha de montagem, todas as peças são previamente separadas e seguem junto com o bloco do motor em caixas, agilizando o processo. 

 

  

By  

 
Yes
Yes
Yes
5/12/2014 2:00 PM